domingo, 6 de abril de 2008

antes dúvidas do que dívidas (é o que dizem)

Fui lá
cumprir a minha sina
de brasiliense nato

vencer a concorrência

garantir o leitinho
das futuras crianças

mas todo mundo está fazendo o mesmo

arrumamos
o feng shui da mesinha destra
na carteira de quinta série

enquanto os ambulantes ainda gritam lá fora:
-olha a água, chocolate, caneta preta!
-búzios, tarô, bola de cristal!

bzzzzzt
toca o sinal

liguei o detector de mentiras
das mentiras deslavadas por todos os lados

o polígrafo esferográfico

preenchendo os espaços
da cartela
da loteria

talvez eu deva
torrar minha grana toda
na loteria

quem sabe não aumentam
as minhas chances com as mulheres?

mas que sei eu de chances
enferrujado na matemática
contando nos dedos
as estatísticas do número de carros por habitante
do número de candidatos por cargos e vagas

e o relógio em contagem regressiva

conspirando com o torcicolo
pra me tirar da jogada
pra me tirar a compostura
e mandar logo tudo à merda

mas resisto bravamente
como tantas outras vezes
arrisco
rabisco

assino embaixo

esfrego a digital bem gorda
na prova do crime

esfrego a prova do crime na cara do fiscal

e agora é esperar

o contra-cheque no crédito
ou uma medalha de honra ao mérito

3 comentários:

biu disse...

good luck.

Anônimo disse...

contrata um coreano pra fazer a prova no teu lugar...

marciamarcinha disse...

é bem assim.....a realidade de muitos que trocam os sonhos, o projetos genúinos, a verdadeiras vocações por uma "segurança".....e todos se tornam inseguros daquilo que realmente são....