sábado, 21 de março de 2009

1.

...Mudei-me em pleno carnaval. Ao desembarcar de mala e cuia, já fantasiado de ser humano, no meio do bloco e no fim da fila, puxei um sambinha capenga no anúncio do jornal e paguei adiantado com uma piada de papagaio. De maneira que na quarta-feira de cinzas já estava devidamente instalado no alto do corcovado sem dever nada a ninguém.

(...)

Nenhum comentário: